27 de mar de 2011

Resistentes

Tenho fortes motivos para orgulhar-me dos coordenadores dos núcleos do Grupo de Capoeira Angola Pelourinho. Quero citar aqui, especificamente, os núcleos de São Paulo (São Luiz de Paraitinga) e do Japão (Tóquio). Aquele coordenado pelo contramestre David, e esse sob a administração do Mestre Kenji.Todos lembramos dos problemas vividos pela comunidade de S. Luiz de Paraitinga quando, há um ano, foi vítima de uma enchente que destruiu grande parte desta cidade que, pela beleza do seu sítio histórico, foi reconhecida como patrimônio da humanidade. Diante da situação, deixei o contramestre David à vontade para tomar as decisões que fossem necessárias para o equilibrio entre a manutenção das atividades do GCAP e a retomada da rotina na cidade. Para minha surpresa, os membros do GCAP, sob a coordenação de seu contramestre, até utilizaram a experiência da capoeira para auxiliar no resgate de idosos e crianças. O Japão passa, ainda hoje, por uma situação bastante preocupante, mas o Mestre Kenji tem procurado se dividir entre os problemas vividos pelos japoneses e a procura de um outro espaço para alocar o GCAP que, em função do terremoto, não pode continuar no mesmo espaço em que já treinava há algum tempo. David e Kenji, enquanto membros do GCAP, sabem o quanto busco entender os momentos em que a capoeira pode ser colocada em um plano secundário, apesar do quanto a valorizo. Sigam em frente. Mostrem que não basta ser representante de um grupo famoso. O desafio é estar longe mas pensando em conjunto. Contem sempre comigo! Moraes.

6 comentários:

  1. Mestre!

    Aprendemos com o senhor a levantar diante das rasteiras que a vida nos apresenta.Aprendemos também, que o verdadeiro capoeirista, deve usufruir da experiência adquirida no aprendizado da Capoeira Angola para melhorar o mundo ao seu redor.Poder contar com o senhor é o que nos dá força e motivação para poder continuar lutando e resistindo.
    Obrigado em nome de todos os integrantes do núcleo do GCAP de São Luiz do Paraitinga.
    Abraço
    David

    ResponderExcluir
  2. Quero prestar solidariedade aos irmãos Japoneses, que tanto nos orgulham. Assim como fiz ao querido David, quando tive oportunidade.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns, mestre Moraes. Isso, sim, é postura de mestre.
    Gostaria de saber o email do senhor para contacta-lo a respeito de um estudo que estou realizando na área de Sociologia.
    campelo12@hotmail.com
    Obrigado, mestre.

    ResponderExcluir
  4. Dito popular: "Quem sai aos seus não degenera."
    David e Kenji são, para nós, claros exemplos de compromisso com a cidadania e a defesa do saber ancestral, sendo firmes e objetivos sem perder a gentileza. Desejo aos amigos força e que a luz da sabedoria permeie suas ações.
    Ao Mestre, sáude e paz sempre...
    Grupo Atitude - João Walter

    ResponderExcluir
  5. Mestre Passei por aqui, este registro é só para
    deixarlhe um abraço
    andre pessego - andrepessego@bol.com.br

    ResponderExcluir
  6. Sem duvida um exemplo de compromisso com a Capoeira Angola,coisa que muitos hj não querem ter,mas sim querem o seu valor ! ! ! querer ser algo é uma coisa ser é outra ,me minha consepção ser angoleiro é missigênar a vida com a capoeira e se isso não for possivél,acredito ser impossivél tal feito. um forte abraço p meus irmãos Mestre .Kenji, C.M David e Mestre Moraes.

    ResponderExcluir

Ao deixar um comentário escreva seu nome e seu e-mail. Ajude-nos a fortalecer nossa rede de contatos!