22 de set de 2009

PROGRAME-SE : GCAP 2010

Em 2010, ano em que o GCAP completará 30 anos de fundação, realizaremos um evento de Capoeira Angola no período de 04 a 07 de fevereiro. Nesta ocasião, também será comemorado o aniversário de 60 anos do Mestre Moraes. Oficinas, seminários, exposições e outras atividades farão parte das nossas comemorações. Em breve disponibilizaremos programação, informações sobre hospedagem e inscrições.

21 de set de 2009

Festa brasileira na Terra do Sol Nascente.

Fui um dos convidados para a celebração do dia da Independência do Brasil, comemorada pela Embaixada Brasileira no Japão.Festa linda!Teve de tudo que pudesse fazer com que nos sentíssemos no Brasil: samba, caipirinha, feijoada, churrasco e, claro, não faltou a capoeira angola, representada pelo núcleo do GCAP em Tóquio, sob a coordenação de Kenji.
Dei uma oficina para crianças e uma outra para adultos.Foi muito legal observar o interesse que a maioria dos japoneses têm pela nossa arte, além da facilidade para a absorção dos seus princípios: filosofia, religiosidade, historicidade,etc;
Foi legal reencontrar meus mussuco japoneses e poder transmitir-lhes mais um pouco da minha experiência.
Arigatoo gozaimassu à Embaixada do Brasil em Tóquio e ao GCAP- Japão.

Mestre Moraes.

17 de set de 2009

Basta que sejamos respeitados.

Fiquei algum tempo sem trazer notícias porque estava esperando o resultado final de um processo que se encontrava em andamento e, felizmente, chegamos a um final feliz. Interpreto como felicidade o fato de desta vez ter sido respeitado o significado da nossa presença dentro do Forte da Capoeira.Quero falar da Semana Iguatemi de Moda que acontecerá nos dias 23 e 24 de setembro.
Em alguns momentos as discussões entre as partes ficaram acaloradas devido à nossa preocupação para encontrarmos uma forma de participação dos mestres de capoeira em um desfile de modas, de forma que não nos deixassemos ser flagrados, em lugar de capoeiristas, apresentando um novo modelito para praticantes de capoeira.
No final, ficou resolvido entre os organizadores do evento e os mestres do Forte Santo Antonio, que os mestres seriam homenageados através de um documentário- história de vida de cada um- que será projetado em telões nos intervalos dos desfiles. Ficou decidido, também que não apoiaremos nenhuma participação da capoeira, neste evento, que conote descaracterização desta arte.
Vale destacar a união entre os mestres, sediados naquele forte, além da contribuição do Sr. Magno Neto intermediando o diálogo entre as partes quando se fez necessária a presença de um mediador. Foi relevante a sua participação em todo o processo.Durante as discussões tive que ausentar-me por alguns dias por motivo de viagem, mas Cláudia mostrou competência enquanto vice-presidente do GCAP, auxiliando o Mestre Curió na sua função de meu suplente junto à Secretaria de Cultura.
Em resumo, ficou provado que os capoeiristas têm condição de dialogar com outros seguimentos culturais desde que sejam ouvidos e tenham as suas idéias levadas em consideração.

Mestre Moraes ( Representante dos Mestres do Forte da Capoeira, junto à SECULT)