23 de jul de 2009

Cuba é aqui.

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia(SECULT), continua inflexível quanto à aceitação do Sr. Magno Neto, atual gestor, como porta voz das nossas inquietações. A Secult continua insistindo na indicação de uma comissão composta de três pessoas indicadas pelo secretário.(ver neste blog o texto: banana comendo macaco!!!!!!!!?).
Acreditando não estarmos atentos para os comportamentos que destoam do conceito de democracia, fomos convidados pela administração para recepcionarmos o Presidente de Cuba, Sr. Raul Castro, em visita a Salvador, no dia 22/07, para o que nos recusamos.Como sempre, deram um jeitinho para fazer de conta para o Governador Jaques Wagner de que tudo vai bem no Forte da Capoeira.
Nós, mestres de capoeira e alunos, em atividade naquele espaço, não desistiremos da luta.

Ogum nos protejerá.

Os mestres do Forte Santo Antônio.

20 de jul de 2009

Oficina em Fortaleza

Nos dias 17, 18 e 19 deste mês Mestre Moraes esteve no Grupo de Capoeira Atitude em Fortaleza.


video

15 de jul de 2009

Preços.

Ao anônimo que comparou o nosso blog com um schoping, (acredito que ele queria escrever shopping) informo que nada tenho contra quem ganha dinheiro com capoeira desde que o produto que esteja sendo oferecido seja de boa qualidade. Quanto a mim, que já conheço as histórias dos mestres Bimba, Pastinha e outros, não tenho nenhum melindre em cobrar pelo meu trabalho, mas garanto que é de boa qualidade. Saia do anonimato e venha conferir.
Para evitar ser vítima das "baixas estações" e para não ter que vender meu produto barato, tenho emprego fixo e casa própria.
Quanto ao preço das camisas, não poderemos atender ao seu interesse porque não as comercializamos. Nossas camisetas simbolizam a pertença, de quem as estiver usando, ao nosso grupo. É como uma carteira de identidade. Daí o nosso cuidado.
Os nossos Cds estão à venda, sim. Quanto aos preços, apesar da qualidade, são bem baratos. Inclusive um deles foi indicado para concorrer a uma edição do Grammy.

12 de jul de 2009

Sobre o mestre Curió.

Oi Nina,
Eu juro que é a primeira vez que ouço tal coisa. Fui checar, e creio que possa ter sido um engano do entrevistador Conheço uma pessoa que pode te ajudar. Ele é conhecido como Luiz Coice de Mula. Você pode encontrá-lo na Baixa do Bonfim, aqui em Salvador, onde ele tem uma banca de revistas. Ele sabe muita coisa sobre a academia do Mestre Pastinha. Quando eu cheguei lá, ele já estava.


Mestre Moraes.

11 de jul de 2009

preço de aulas e rodas

Respondendo a um anônimo quanto ao preço das aulas e da roda, informo que os membros do GCAP pagam mensalidade, e os alunos avulsos pagam por aula. Quanto à roda, basta que você compareça e contribua com a sua energia para um bom andamento da nossa vadiação.

M. Moraes.

6 de jul de 2009

Ficaremos na espera.

Fomos informados pela Administração do Forte da Capoeira de que a reunião que teríamos amanhã, dia 07/07, foi adiada para o próximo dia 14/07.

Vocês são D+

Nós, eu e vocês que tem votado em mim, já estamos dentre os cem (100) blogs mais votados. Esse resultado me estimula a dar continuidade à proposta inicial, ou seja: disponibilizar para os visitantes deste blog todo o conhecimento de capoeira que adquiri nestes 50 anos de prática ininterrupta. Continuem votando. Esta votação se encerra em 11/08/09.

Obrigado a todos pelo reconhecimento.


Mestre Moraes.

Pensamento do mês.

O poder em defesa da liberdade é maior que o poder a serviço da tirania.

Malcolm X, 1925-1965.


A capoeira vencerá.

vamos lá brincar na roda.

Todos os sábados, das 19:00 às 21:00, acontece a roda do GCAP no Forte Santo Antonio. Para uma boa relação com o nosso grupo e o mestre, alguns princípios precisam ser observados caso o visitante pretenda participar da roda:

1- Procure chegar, pelo menos, 15(quinze) minutos antes do início da roda.
2- Leve o uniforme do seu grupo ou academia, o qual deve estar limpo.
3- Evite comparecer sob o efeito de qualquer droga, lícita ou ilícita.
4- Vá disposto(a) a participar integralmente: jogando, cantando e tocando.
5- A energia da roda depende da sua presença até o final dela. Não se ausente antes do término.
6- É proibido filmar ou fotografar a roda sem prévio consentimento do mestre ou de quem o estiver representando.
7- Deixe a violência para outro momento diferente da roda.

Cumprindo estes princípios, as nossas portas estarão sempre abertas para qualquer capoeirista, independente de estilo ou procedência.


Mestre Moraes.

5 de jul de 2009

Banana comendo o macaco!!!!!!!!!!!!!!?

Depois de conversa entre os mestres de capoeira, do Forte Santo Antonio, e o atual gestor Sr. Magno Neto, vislumbrou-se a possibilidade de uma gestão participativa onde os mestres de capoeira passariam a ser informados, com antecedência, de todas as ações pensadas pela Secretaria de Cultura (SECULT) para aquele espaço cultural. Acreditamos que aquele momento marcaria o final de um conflito entre os capoeiristas do Forte e o atual governo, conflito este que teve início desde a chegada do atual gestor, há dois anos aproximadamente. Agora, na surdina, a Secretaria de Cultura do Estado resolveu reacender o conflito criando alguma coisa do tipo "Comissão Mediadora" que teria a função de mediar o diálogo entre os mestres e a SECULT. Ora, a capoeira dentro do Forte Santo Antonio, desde o início do atual governo, só tem acontecido graças ao denodo dos mestres e alunos que, pelo amor á capoeira, não fraquejaram diante da total falta de atenção dispensada por esta secretaria, sabendo que, no Forte, encontra-se a maior e a mais antiga lenda viva da capoeira: o Mestre João Pequeno. Mostramos, durante esses anos, que não precisamos de ninguém, de fora capoeira, nos orientando na relação com esta arte secular. Em matéria especial,em jornal de grande circulação, declarei e afirmo que a capoeira, na Bahia, vem vivendo seu pior momento, graças ao descaso do governo para com este seguimento cultural.
Fomos informados também de que, na composição desta comissão terá um capoeirista indicado pela Secretaria, não ligado ao Forte e funcionário da SECULT; talvez com a função de "decodificar" o discurso dos mestres ou "traduzir" para estes as ideias da Secretaria.
Na última reunião que tivemos com o Sr. Magno Neto, deixamos clara a nossa indignação diante do que classificamos como um desrespeito aos mestres de capoeira do Forte e, aproveitando o atual gestor como pessoa capaz e bastante para representar-nos junto à SECULT, pedimos-lhe que transmitisse ao Sr. Secretário de Cultura Márcio Meireles de que vimos esta decisão com desconfiança, além que vermos como mais uma forma de intervenção na capoeira o que não aceitaremos passivamente. Já foi dito neste blog que abraçaremos as parcerias mas repudiaremos, com veemência, qualquer tipo de intervenção.
Nesta terça-feira, dia 07/07, teremos uma reunião com o Sr Magno quando teremos uma resposta da SECULT quanto ao nosso desacordo, do que manterei o público capoeirista informado seja a resposta positiva ou negativa.

Mestre Moraes.