26 de abr de 2009

Homenagem do mês: Mestre Juvenal

O Mestre Juvenal foi um dos vários mestres que defendeu a Capoeira Angola com a garra de quem defende a própria vida. Aluno do Mestre Samuel Querido-de-Deus, a quem comparava a "um onça"(sic) devido à extrema agilidade daquele. Estivador, como a maioria dos antigos capoeiristas, aproveitava as horas de descanso, após as refeições, na beira do cais para exercitar-se, e aos colegas que quisessem se iniciar na nobre arte.
Quando entrevistado pelo repórter Cláudio Tavares, da revista "O Cruzeiro", em 1948, afirmou ser a capoeira a "sua cachaça", não esquecendo de destacar a Capoeira Angola, "para destacar da Regional de Mestre Bimba" conforme interpretação do repórter.
Mestre Juvenal já não se comportava mais como os tipos de capoeiristas angoleiros, contemporâneos do memorialista Manuel Querino: "[...] pernóstico,excessivamente loquaz, de gestos amaneirados, tipo completo e acabado do capadócio e o introdutor da "capoeiragem" na Bahia". Por força da dinâmica cultural e social, Juvenal já não atendia àquelas características apresentadas por Querino. Cultivava características do seu tempo: musculoso, delgado, mas ágil e elástico,também loquaz e amaneirado.Conforme Tavares, não era um malandro, nem um profissional exclusivo de capoeira, que pudesse ser contratado para qualquer "servicinho" a mando dos grandões. Como outros capoeiristas da época, Juvenal era um trabalhador, um estivador que passava as horas do dia e até da noite no "pesado". Será que essa situação unia mais a capoeira ao capoeirista? Não sei.
Juvenal orgulhava-se do mestre que lhe ensinou os segredos de uma capoeira que "tem golpes para aplicar em qualquer adversário, estando solto ou segurado o angoleiro".
Fonte: revista O Cruzeiro, 10/01/1948.
Próximo homenageado: Mestre Totonho de Maré

17 comentários:

  1. Linda foto, mestre! Obrigado por dividí-la conosco. Aliás, encontrei muito pouca informação a respeito do MJ, por que será? Ele deve ter sido um dos grandes do passado - eu creio - senão não teria sido escolhido pelo PVerger pra aquela sessão clássica de fotos.

    O que o sr. sabe a respeito dele? Que tal escrever um artigo disso?

    Abs, Artur Xavier, Ilê de Angola, Niterói, RJ.

    ResponderExcluir
  2. Marco Aurélio - Niterói28 de abril de 2009 20:54

    Moraes, Parabens pelo Blog. É mais uma forma de comunicação entre os angoleiros e amantes da capoeira em geral.

    ResponderExcluir
  3. Mestre Moraes,Parabens e obrigado pelo esse blog.
    Sou angoleiro do Japão,aluno de M.Ciro.
    Ainda,eu entende Portogues pouco mas,vou voltar aqui,e vou tentar ler e traduzar.

    Este mês,Mestre Russo vai chegar aqui no Japão.

    Respeito.Chau.

    ResponderExcluir
  4. mestre moraes agradeço sua gentileza em compartilhar o conhecimento de suas pesquisas, gostaria de que escrevesse sobre seu trabalho de formatura da ufba

    ResponderExcluir
  5. Valeu pela personalidade apresentada,assim conheceremos varios icones que sao pouco ou quesa nunca falados.

    ResponderExcluir
  6. Mestre, por coincidência no nosso blog também homenageamos Mestre Juvenal, em janeiro. Dê uma olhadinha: http://zungucapoeira.blogspot.com/2009/01/perfil-juvenal-engraxate-esse-ilustre.html
    Obrigado pela contribuição.

    Cabeleira
    cabeleiracapoeira@bol.com.br

    ResponderExcluir
  7. Didi - Nzinga ZN5 de maio de 2009 11:53

    Obrigado Mestre por compartilhar conosco seu conhecimento em relação aos antigos. Ngunzo

    ResponderExcluir
  8. Mestre!

    Gostei muito,precisamos realmente trazer a tona a história dos nossos ancestrais. Dessa forma mostraremos exemplos de comportamentos, que serviram de referência para os que querem realmente aprender a Capoeira Angola.
    David

    ResponderExcluir
  9. Ciao Mestre.Sou aluno do Zé Carlos -grupo N'golo.Mas estou na Itàlia ( turin).Belas fotos e obrigado pela disposiçao de montar um blog como esse é muita generosidade.Axé!!!

    ResponderExcluir
  10. Prezado Mestre Moraes,

    Realizando minhas pesquisas encontrei em uma referência a uma possível gravação com Mestre Juvenal, quando da passagem pela Bahia do Sr. Lorenzo Turner. Infelizmente este material esta fora do país. Seria interessante a possibilidade de termos acesso a esta gravação, e de algum modo confirma, ou não, se trata-se do famoso Mestre Juvenal. De qualquer modo seria mais um elemento para desfrutarmos da sonoridade da Capoeira em tempos passados.

    Att.: Joel Alves – Grupo Capoeira Atitude - Fortaleza – Ceará
    jab@fortalnet.com.br

    ResponderExcluir
  11. aqui tambem informaçoes em frances sobre mestre Juvenal
    http://www.capoeira-infos.org/personnages/mestres/juvenal.html

    Aruera

    ResponderExcluir
  12. Estou atualmente devorando a leitura de Jorge Amado - Capitaes da areia, e lendo o post do Mestre vi que o Personagem Querido-De-Deus realmente existiu, estou surpreso, Jorge Amado sem sombra de duvidas soube fotografar a Bahia do seculo XX. A cada dia que passa, mais quero conhecer esta terra, pelo que de longe me parece, muito rica em cultura e pobre como o resto economico-politicamente....
    Em breve, penso conhecer a Bahia,
    e o Mestre Moraes,
    tudo que ate hoje eu so conheco ou atraves dos livros, ou atraves do que meu mestre conta...

    Alan - Sao Paulo

    ResponderExcluir
  13. OOOOi mestre eu residente de viamão/Porto Alegre-RS,sou muito seu fã e de todos que fazem da capoeira parte de sua vida,gosto muito do ritimo dos berimbaus que fazem um ritmo muito bom,escuto sempre os cds que gravastes........queria que vc me ajudasse,preciso de uma loja de comfiança para comprar vergas e cds de Angola se poder ter comtato por carta no momento!!!Eu queria ter uma viola igual aquela que tocou no cd Salvador from Bahia muito bom quem sabe um dia NA RODA DO BRIQUE DA REDENÇÃO EM POA NÃO O CONHEÇO.
    UM ABRAÇO A TODOS OS MESTRES
    MEU NOME É MARCELO/MAGAIVER(apelido)26anos moro em Viamão P42 São Tomé,rua Alexandria 336.
    Ainda vou na Bahia conhecer João Pequeno,Curió,Marrom,Jogo de dentro,eu conheci só mestre Roxinho....
    Abraços

    ResponderExcluir
  14. A diversidade dentro do unidade é que faz a filosofia da capoeira se destacar e ser diferente de qualquer outra modalidade de esporte e/ou filosofia de vida.

    Axé camaradas, axé mestre

    ResponderExcluir
  15. Parabéns Mestre por mais uma postagem tão importante para os novos e antigos capoeiristas.
    De: Seu discípulo Willians Penninha

    ResponderExcluir
  16. Bom dia !

    Prezado Mestre Moraes,

    Agradecemos pela sua presença em nosso Encontro Internacional Agosto da Capoeira nos dias 19,20,21/08/2011 em São Paulo-SP.

    És para nós a enciclopédia viva da capoeira do Brasil para o mundo.

    Que Ogum nosso pai, nos dê sempre a satisfação de nos encontrarmos e ainda assim envelhecermos ao seu lado.

    Abraços

    TucanoPreto
    Dendê Maruô
    mestretucanopreto@hotmail.com
    551184854981

    ResponderExcluir

Ao deixar um comentário escreva seu nome e seu e-mail. Ajude-nos a fortalecer nossa rede de contatos!